Franceses, Mais um Esforço se Quiserdes Ser Republicanos

R$17,00

Os escritos políticos de Donatien Alphonse François de Sade, o marquês de Sade, (1740-1814), são muito pouco conhecidos quando comparados aos textos literários do autor. Isto só aumenta a importância deste volume – organizado e traduzido por Plínio Augusto Coêlho -, que coloca à disposição do leitor brasileiro dois preciosos textos: Ideia Sobre o Modo da Sanção das Leis e Franceses, Mais um Esforço se Quiserdes Ser Republicanos, em que Sade se mostra um homem das Luzes, um ator da Revolução Francesa. O primeiro texto discute a representação parlamentar; o segundo é um vigoroso panfleto contra a Igreja e o despotismo.

Tradução: Plinio Coêlho
Coedição: Editora Imaginário

Fora de estoque

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Franceses, Mais um Esforço se Quiserdes Ser Republicanos”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sumário

Nota da Edição

Ideia Sobre o Modo da Sanção da Leis

Franceses, Mais um Esforço se Quiserdes Ser Republicanos

Informação adicional

Peso 0.215 kg
Dimensões 11.5 × 18 cm
ISBN

978-85-7480-536-8

Páginas

96

Edição

Ano

2010

Encardenação

Brochura

Autor(es)

  • Marquês de Sade
    Donatien-Alphonse-François de Sade, Marquês de Sade (1740-1814), veio de uma antiga e prestigiosa família da aristocracia de Provence. Aos vinte e três anos, casou-se com a Srta. de Montreuil, de nobreza recente e mas rica. Após uma série de condenações e prisões, nas quais escreve a maioria de suas famosas obras, é definitivamente internado no Hospício de Charenton, sob alegação de loucura, violência erótica, “delírio do vício”, pornografia. Morre em dezembro de 1814, tendo passado trinta anos privado de liberdade.

Você também pode gostar de…