Do Modernismo à Bossa Nova

R$30,00

O método das contradições é o modo como Britto aborda o modernismo brasileiro e seus desdobramentos. Sua reflexão parte das vanguardas europeias e da Semana de 1922 para chegar à bossa nova e à tropicália. Nesse trajeto, são analisadas as relações da literatura, da música e da educação com os problemas culturais, sociais e políticos do país. O autor argumenta que as contradições do modernismo brasileiro são as de nosso comportamento lírico – ora intimista e individual, ora crítico e social.

Apresentação: Glauber Rocha

Fora de estoque

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Do Modernismo à Bossa Nova”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sumário

Apresentação — Glauber Rocha
Jomard, o Carbonário — João Carlos Teixeira Gomes
Autoapresentação
Ao Leitor
Do Método e do Modernismo

  • O que é (e não é) o método das contradições
  • Esclarecimento
  • A primeira contradição do modernismo
  • Contradições da cultura europeia na época
  • Impulsão lírica x pensamento
  • Beleza-convenção e beleza-consequência
  • Três contradições no desenvolvimento do modernismo
  • Parágrafo das consequências
  • Uma teoria à margem

As Contradições do Comportamento Lírico

  • Confirmação de Manuel Bandeira
  • Indagações sobre o comportamento lírico
  • Resposta a uma crítica prévia
  • O poeta, a lenda e seu descrédito
  • Dos sentimentos individuais ao desejo de libertação
  • Breve apêndice: dois poemas de Manuel Bandeira
  • Da impregnação regionalista ao lirismo crítico.

Da Modernidade na Educação Nova

  • As perguntas de abertura
  • Da compreensão artística ao problema educativo
  • A situação-momento educacional brasileira
  • O primado da educação ou da economia? Correlação entre fins e meios pedagógicos
  • Debate entre a escola tradicional e a escola nova
  • Educação, arte e ciência.

Até o Neomodernismo e a Poesia de Vanguarda

  • Retorno da educação para a arte
  • Da explicação à consideração do poema
  • O cálculo e o acaso em João Cabral

De Noel Rosa à Bossa Nova

  • A f(p)onte comum do lirismo
  • Primeiro ato modernista de Noel Rosa
  • Das emboladas (regionais) ao samba (nacional)
  • O que é bossa nova – em texto de Jobim
  • Os primeiros ensaios da bossa nova nacionalista
  • A bossa nova tem opinião

Posfácio: Da Tropicália à Antropofagia: Eterno Retorno do Outrem

Informação adicional

Peso 0.351 kg
Dimensões 12 × 18 cm
ISBN

978-85-7480-449-1

Páginas

160

Edição

Ano

2009

Encardenação

Brochura

Autor(es)

Você também pode gostar de…