Vidas de Dante – Escritos Biográficos dos Séculos XIV e XV

R$40,50

Dante Alighieri foi objeto de várias biografias ao longo das décadas seguintes à sua morte. Eduardo Henrik Aubert reúne e traduz pela primeira vez em português alguns desses testemunhos dos séculos XIV-XV sobre Dante. O contato direto com esses relatos permite ao leitor situar, cruzar e comparar informações que em muitas biografias modernas do poeta nem sempre foram bem aproveitadas. Vidas de Dante permite ao leitor brasileiro bem compreender ao mesmo tempo a história das biografias do poeta e a história biográfica dele. Tarefa louvável, que merece ser lida e estudada.

Pesquisar no texto deste livro:
powered by Google
Assuntos: Biografia História

Fora de estoque

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Vidas de Dante – Escritos Biográficos dos Séculos XIV e XV”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sumário

Apresentação
A Vida de Dante entre a História da Biografia e a História Biográfica: Ensaio Introdutório
Nota sobre a Tradução

  • Carta de Frate Ilaro
  • Giovanni Villani
  • Francesco Petrarca
  • Giovanni Boccaccio
  • Guglielmo Maramauro, ou Maramaldo
  • Antonio Pucci
  • Marchionne, ou Melchiorre Stefani
  • Benvenuto de Ímola
  • Filippo Villani
  • Franco Sacchetti
  • Francesco da Buti
  • Giovanni Sercambi
  • Domenico Bandini
  • Giovanni Bertoldi, ou Giovanni de Serravalle
  • Leonardo Bruni

 

Informação adicional

Peso 0.480 kg
Dimensões 14 × 21 cm
ISBN

978-85-7480-533-7

Páginas

304

Edição

Ano

2011

Encardenação

Brochura

Autor(es)

  • Dante Alighieri
    Dante Alighieri  (1265-1321)  foi escritor, poeta e político italiano. É considerado o primeiro e maior poeta da língua italiana, definido como il sommo poeta ("o sumo poeta"). E tal é a sua grandeza que a literatura ocidental está impregnada de sua poderosa influência, sendo extraordinário o verdadeiro culto que lhe dedica a consciência literária ocidental. Foi muito mais do que literato: numa época onde apenas os escritos em latim eram valorizados, redigiu um poema, de viés épico e teológico, La Divina Commedia (A Divina Comédia), o grande poema de Dante, que é uma das obras-primas da literatura universal e um dos pontos mais altos atingidos pelo espírito humano. Foi injustamente exilado. O exílio foi ainda maior do que uma simples separação física de sua terra natal: foi abandonado por seus parentes. Apesar dessa condição, seu amor incondicional e capacidade visionária o transformaram no mais importante pensador de sua época.
  • Eduardo Henrik Aubert
    Eduardo Henrik Aubert é Mestre em História Social pela USP e doutorando em Histoire et Civilisations na École des Hautes Études en Sciences Sociales – Paris. Publicou diversos artigos e capítulos de livros sobre história medieval e historiografia no Brasil e no exterior.

Você também pode gostar de…

4x sem juros no Cartão
(A partir de R$ 200)