Camilo Pessanha

Camilo de Almeida Pessanha (1867-1926) foi poeta português, expoente máximo do Simbolismo em nossa língua.Estudou Direito em Coimbra. Em 1894 transfere-se para Macau, onde lecionou Filosofia e tornou-se juiz. Publicou poemas em revistas e jornais, mas seu único livro, Clepsidra (1920), foi publicado sem a sua participação, a partir de autógrafos e recortes de jornais. Graças a essa iniciativa, os versos de Pessanha se salvaram do esquecimento. Posteriormente, a Clepsidra original teve poemas acrescentados, conforme foram encontrados. Apesar da pequena dimensão da sua obra, é considerado um dos poetas mais importantes da língua portuguesa. Morreu devido ao uso excessivo de ópio.

 

Mostrando um único resultado