Cesário Verde

José Joaquim Cesário Verde (1855-1886) foi considerado um dos poetas pioneiros, precursores da poesia moderna de Portugal no século XX. Matriculou-se no Curso Superior de Letras em 1873 onde conheceu Silva Pinto, de quem ficou amigo para o resto da vida. Dividia-se entre a produção de poesias publicadas em jornais, destacando-se o semanário Branco e Negro (1896-1898) e as revistas  O Ocidente (1878-1915) e  Renascença (1878-1879?), e as atividades de comerciante. No seu estilo delicado, Cesário empregou técnicas impressionistas, com extrema sensibilidade ao retratar a Cidade e o Campo, que são os seus cenários prediletos. Evitou o lirismo tradicional, expressando-se de uma forma mais natural.

Exibindo 1 resultado