Fernando Antônio Dusi Rocha

Fernando Antônio Dusi Rocha é mineiro de Ubá. Formou-se em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora e há mais de vinte anos radi­cou-se em Brasília, onde é procurador do Distrito Federal, professor e autor em Direito Administrativo. Mestrando em Teoria da Literatura na Universidade de Brasília, debutou na poesia recebendo em 2005 o Prêmio Especial de Poesia Estrangeira “Publio Virgilio Marone”, na Itália, com a coletânea Versos Ciclópicos, que integram a primeira parte da obra O EXÍLIO DE POLIFENO (Rio de Janeiro: 7Letras, 2006). Naquele mesmo ano, recebeu a Mention d’honneur no 3 Concurso Internacional de Poesia na categoria de poetas nacionais e internacionais, realizado pela Association Les Écriv’Aisne, de Sinceny, França, com o poema Ode de la débâcle. Recentemente, sua cole­tânea de poemas Odes do Acaso, que compõem a quar­ta parte deste livro, foi selecionada no âmbito do Concurso “Pensieri in versi” para fazer parte da An­tologia 2005 da Accademia Internazionale II Convivio, da Itália. Em 2006, foi agraciado com Medalha de Prata no Concurso Internacional de Poesia da Association Culturelle Artistique “Le Bleuer International”, em Essars (França). Em outubro de 2006, recebeu na Itália o Prêmio de Melhor Autor Estrangeiro, pelo seu livro “O Exílio de Polifemo”, no âmbito do Concurso Poesia, Prosa e Arti Figurativi, promovido pela Accademia Internazionale Il Convivio, tendo concorrido com mais de cento e setenta autores estrangeiros de língua espanhola, francesa, romena e inglesa.

Exibindo 1 resultado