Fidelino de Figueiredo

Fidelino de Sousa de Figueiredo (Lisboa, 1888 — Lisboa, 1967) foi político, professor, hispanista, historiador e crítico literário português, que se destacou pela sua faceta de ensaísta e intelectual cosmopolita. Foi contista e romancista precoce, começando a publicar com 17 anos sob o anagrama “Delfínio” que usaria até às Notas Elucidativas, quando o seu nome aparece pela primeira vez como “Fidelino de Sousa Figueiredo (Delfínio)”. Licenciou-se em Ciências Histórico-Geográficas no Curso Superior de Letras (antecessor da Faculdade de Letras), em 1910, tornando-se professor liceal.

Mostrando um único resultado