Joaquim Manuel de Macedo

Joaquim Manuel de Macedo nasceu em Itaboraí (RJ) em 1820. Em 1844 formou-se em Medicina e, no mesmo ano, estreou na literatura com A Moreninha, que viria a ser seu romance mais conhecido, dando-lhe fama e fortuna imediatas. Além de médico, Macedo foi jornalista, professor e sócio-fundador do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, desde 1845. Em 1849 fundou, com Gonçalves Dias e Manuel de Araújo Porto Alegre, a revista Guanabara, que publicou grande parte do seu poema-romance A Nebulosa, considerado por críticos como um dos melhores do Romantismo. Sua obra é extensa e fez grande sucesso na época, cujo sentimentalismo agradava ao gosto popular. Sua grande importância literária está no fato de ser considerado um dos fundadores do romance no Brasil e, certamente, um dos principais responsáveis pela criação do teatro no Brasil. A Moreninha foi considerada a primeira obra da Literatura Brasileira a alcançar êxito de público e é um dos marcos do Romantismo no Brasil.

Mostrando um único resultado