Konstantinos Kaváfis

Constantine P. Cavafy (Konstantinos Kaváfis) apesar de ter nascido em Alexandria (Egito), em 1863, Kaváfis era grego, pois pertencia à numerosa colônia helênica que floresceu nessa cidade mediterrânea. A condição de estrangeiro, na própria terra, pode ser realçada pelo fato de que conhecia muito pouco o árabe, língua materna da quase totalidade da população egípcia. O seu pai morreu em 1870, deixando a família em precária situação financeira. A sua mãe e os seus seis irmãos mudaram-se para Inglaterra dois anos depois. Devido a má administração dos bens da família por parte de um dos filhos, a família foi forçada a regressar à Alexandria, na pobreza. Os sete anos que Kaváfis passou na Inglaterra foram importantes na formação da sua sensibilidade poética. O seu primeiro verso foi escrito em inglês (assinando “Constantine Cavafy”), e o seu subsequente trabalho poético demonstra uma familiaridade substancial com a tradição poética inglesa, em particular as obras de William Shakespeare e Oscar Wilde. Os anos que se seguiram, de regresso à Alexandria, representaram tempos de pobreza e desconforto, mas revelaram-se igualmente significativos no desenvolvimento da sensibilidade de Kaváfis. Este escreveu os seus primeiros poemas – em inglês, francês e grego – durante este tempo.Tendo trabalhado durante trinta anos na Bolsa de Valores Egípcia, Kaváfis permaneceu em Alexandria até sua morte, que ocorreu em 1933. Kaváfis era cético e questionava a Cristandade, o patriotismo e a heterossexualidade. Publicou 154 poemas e cerca de mais uma dúzia permaneceram incompletos ou no esboço.

Mostrando um único resultado