Manuel Antônio de Almeida

Manuel Antônio de Almeida foi filho de militar. Formou-se médico em 1855, mas nunca exerceu a profissão. Dedicou-se ao jornalismo. Foi redator do jornal Correio Mercantil, no qual também dirigia o suplemento A Pacotilha. Foi nesse suplemento que ele publicou sua única obra em prosa de fôlego, a novela Memórias de um Sargento de Milícias, de 1852 a 1853, em capítulos.

Foi diretor da Tipografia Nacional, onde conheceu Machado de Assis, que na ocasião era aprendiz de tipógrafo (1858). Morreu no naufrágio do navio Hermes, em 1861, na costa fluminense, quando se preparava para iniciar sua carreira política.

 

Mostrando um único resultado