Marquês de Sade

Donatien-Alphonse-François de Sade, Marquês de Sade (1740-1814), veio de uma antiga e prestigiosa família da aristocracia de Provence. Aos vinte e três anos, casou-se com a Srta. de Montreuil, de nobreza recente e mas rica. Após uma série de condenações e prisões, nas quais escreve a maioria de suas famosas obras, é definitivamente internado no Hospício de Charenton, sob alegação de loucura, violência erótica, “delírio do vício”, pornografia. Morre em dezembro de 1814, tendo passado trinta anos privado de liberdade.

Exibindo 1 resultado