Osvaldo Coggiola

Osvaldo Luis Angel Coggiola é historiador argentino, residente no Brasil. Nascido em Buenos Aires, cresceu em Córdoba, onde estudou Economia e História. Em 1976, por seu ativismo político, foi expulso da Universidade de Córdoba, passando a viver exilado até o final da ditadura argentina. Na França, concluiu seus estudos de graduação em História e Economia Política (1979, tendo apresentado dissertação intitulada L’Opposition de Gauche en Argentine, 1930-1943), na Universidade Paris 8 (Vincennes-Saint-Denis), especializando-se em História pela mesma universidade (1980, apresentando dissertação intitulada Mouvement ouvrier et partis de gauche en Argentine, 1929-1969). Em seguida, concluiu o doutorado em História Comparada das Sociedades Contemporâneas (1983, com a tese Le mouvement trotskiste en Argentine, 1929 – 1969) pela École des hautes études en sciences sociales. A partir de 1981, estabeleceu-se no Brasil, onde cumpriu defendeu sua tese de livre-docência (O Destino de uma Revolução – Ensaios sobre a História Contemporânea da URSS e do Leste Europeu), na Universidade de São Paulo (USP), em 1992. Também cumpriu um programa de pós-doutorado na USP (1993 – 1998). Atualmente é professor titular da USP e professor nos cursos de jornalismo e economia da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Especializado em História Moderna e Contemporânea, estuda principalmente temas como comunismo, União Soviética e economia marxista, sendo um ativo organizador, colaborador e participante de simpósios, palestras e colóquios sobre esses temas.

Exibindo 1 resultado