Simone Homem de Mello

Simone Homem de Mello é escritora e tradutora literária. Estudou Letras (Anglo-Germânicas e Latinas) na Universidade de São Paulo e fez mestrado em Literatura Alemã na Universidade de Colônia. Durante seu período de vida na Alemanha (nas cidades de Colônia e Berlim), de 1993 a 2010, trabalhou como autora, dramaturgista, libretista de ópera, tradutora e redatora. Escreveu libretti para as óperas Orpheus Kristall (música: Manfred Stahnke, Biennale für Neues Musiktheater, Munique, 2002), Keine Stille außer der des Windes (Nem Silêncio senão o do Vento, música: Sidney Corbett, Bremer Theater, 2007), UBU – eine musikalische Groteske (música: Sidney Corbett, Musiktheater im Revier, Gelsenkirchen, 2012). Seus poemas em português estão reunidos nos livros Périplos (São Paulo, Ateliê Editorial, 2005), Extravio Marinho (São Paulo, Ateliê Editorial, 2010), Terminal, à Escrita (São Paulo, Lumme Editor, 2015) e em antologias de poesia brasileira contemporânea, entre as quais Antologia de Poesia Brasileira do Início do Terceiro Milénio (org. Claudio Daniel; Lisboa, 2008); Tigertail, A South Florida Poetry Annual – Brazil Issue (org. Horácio Costa e Charles A. Perrone; Miami, 2008) e Roteiro da Poesia Brasileira – Anos 2000 (org. Marco Lucchesi; São Paulo, 2009) e Poesia Prévia (org. André Dick, São Paulo, no prelo). Como tradutora tem se dedicado especialmente à poesia moderna e contemporânea e à obra do escritor austríaco Peter Handke. Atualmente, também trabalha como coordenadora de projetos do Centro de Estudos de Tradução Literária da Casa Guilherme de Almeida, em São Paulo.

Mostrando todos os 3 resultados