Pedro Nava e a Construção do Texto

Por que os Rascunhos?
Introdução
Um Itinerário em Espiral Contínua
Introjeção, Projeção, Reencontro
Vetores da Descoberta
Todos são Criadores
Do Conceitual ao Operativo
Tarefa
Ainda um Pouco Mais na Tarefa
Forças de Sinais Contrários
Conversão de Formas
Carnalização
Raciocínio Diagramático
Considerações Finais
Bibliografia


Balão Cativo [capa manchada]

Nota dos Editores
Pedro Nava a Partir do Nome — Carlos Drummond de Andrade
A Pedro Nava — José Geraldo Nogueira Moutinho
Balão Cativo

  • 1. Morro do Imperador
  • 2. Serra do Curral
  • 3. Engenho Velho
  • 4. Morro do Barro Vermelho

Índices Onomástico
Caderno de Fac-Símiles


Galo-das-Trevas [capa manchada]

Cruz Vermelha – Gastão Castro Neto
Canção a Pedro Nava – Olavo Drummond
galo-das-Trevas (as doze velas imperfeitas)

  • primeira parte: Negro
  • segunda parte: O branco e o marrom

anexos

  • Anexos I – Residências no Rio
  • Anexos II – Peixe Vivo

Índice Onomástico
Caderno de Fac-Símiles


Anfiteatro, O – Textos sobre Medicina

Nota dos Editores

Prefácio – Paulo Penido

O anfiteatro
1. A Recepção
2. O Aprendizado
3. Minas Gerais
4. Oeste Paulista
5. Rio de Janeiro – Hospital Souza Aguiar

Epílogo – A Posse do Professor Pedro Nava na Academia Nacional de Medicina


Bicho Urucutum, O

Nota dos Editores
Pedro Nava e o Bicho Urucutum
[Entrevista de Paulo a Cláudio Aguiar] O Bicho Urucutum

  • 1. Os Colégios
  • 2. Influenza. Maria
  • 3. Ventania. Lenora
  • 4. Rua da Glória

“Zenite será o nome de Nieta.” (P. Nava)
“A vida é um romance sem enredo.” (P. Nava)
Epílogo


Beira-Mar [capa manchada]

Canção da Manhã Mais Matinal – Alphonsus de Guimaraens Filho

Lendo Pedro Nava – Nei Leandro de Castro

Beira-Mar

  • 1. Bar do Ponto
  • 2. Rua da Bahia
  • 3. Avenida Mantiqueira
  • 4. Rua Niquelina

anexos

  • Anexos I – Sete Palmos de Terra Translúcida
  • Anexos II – Sou a Sabina
  • Anexos III – “Brotoeja Literária”

Índice Onomástico
Caderno de Fac-Símiles